Leia a íntegra desta notícia no site da Liga de Combate ao Câncer de Bento Gonçalves, entidade sem fins lucrativos cuja missão é ajudar e apoiar pessoas com a câncer e auxiliar a comunidade no combate e na prevenção da doença.

Impacto da pandemia no diagnóstico precoce do câncer precisa ser evitado, alerta Liga de Combate ao Câncer de Bento Gonçalves

09/06/2021

Entidade reforça necessidade de conscientização sobre importância de exames e tratamento imediatos para evitar agravamento da mortalidade pela doença nos próximos anos

 

            Receio de contágio, superlotação de hospitais e restrições de circulação são alguns dos fatores que têm preocupado oncologistas mundo afora na pandemia – visto que o impacto da Covid-19 no tratamento e diagnóstico precoce do câncer pode ser irreversível. Essa constatação fica ainda mais alarmante com o estudo recente publicado em novembro pelo The British Medical Journal. A pesquisa mostrou que, a cada quatro semanas de atraso no tratamento da doença, as chances de morte aumentam até 13%. Por isso, a recomendação da comunidade médica é que os pacientes não abandonem a terapia nesse momento.

            Para conscientizar a população acerca da importância dos exames e dos cuidados preventivos de rotina para identificar e tratar a anomalia precocemente, a Liga de Combate ao Câncer de Bento Gonçalves retoma um debate muito importante em prol da vida. A ideia é criar uma rede de disseminação de informações em torno da máxima do câncer: 'quem procura acha e quem acha, cura'.

            "Devemos ter em mente que a quantidade de casos de câncer pode disparar com o tempo, caso deixemos de realizar tratamentos ou diagnosticar de forma precoce. Essa tônica serve para todos os tipos de tumores. Quanto mais precoce o diagnóstico, mais altas são as chances de cura às custas de tratamentos menos agressivos. Para isso, é preciso realizar os exames que ajudem na detecção precoce e cuidar do estilo de vida, procurando ajuda o quanto antes", alerta a presidente da entidade, Maria Lúcia Severa.

            A entidade trabalha com foco em conscientizar, educar e oferecer apoio aos pacientes acometidos pela doença e seus familiares. Num cenário no qual as estimativas dos especialistas são pouco animadoras – já que, segundo o DATASUS, um dos principais procedimentos para identificar a doença, as biópsias, teve uma redução de quase 40% em 2020 no Brasil, quando comparado aos meses de março a dezembro de 2019, por exemplo – a necessidade de colocar ações em prática é imediata.

           

Conscientização permanente

Campanhas-chave, como o Outubro Rosa, Novembro Azul e Dia do Basta, Estilos de Vida Saudáveis são algumas das iniciativas da Liga, mas o engajamento para passar a mensagem correta é constante e ocorre o ano inteiro. A entidade oferece auxílio com medicamentos, exames de diagnósticos e de acompanhamento, apoio psicológico (inclusive para os familiares), nutricional, fisioterapêutico, fonoaudiológico e médico, visitas domiciliares e hospitalares e ajuda com passagens, gasolina e acessórios (como bengalas, muletas, andadores, cadeiras de rodas e de banho e colchões).

Além disso, a Liga auxilia os pacientes com suplementos alimentares e cestas básicas, assistência jurídica, doação de brinquedos, fraldas, roupas e soutiens especiais, oferta de artesanato e terapia ocupacional na sede da entidade, banco de perucas com doação de voluntários e infraestrutura completa na Casa de Apoio (que está em fase reformas para agregar ainda mais serviços em um único local).

 

            O diagnóstico de câncer não pode esperar

            A cada ano no Brasil cerca de 700 mil pessoas recebem o diagnóstico de câncer e 225 mil morrem por conta da doença. Em situações normais, o país já possui uma alta taxa de diagnóstico tardio, agora, com a pandemia, tudo indica que o problema vai aumentar. Por isso, é imprescindível que, em caso de qualquer sintoma, o médico deve ser consultado, pois somente com ajuda especializada é possível identificar o tumor. Caso haja resultado positivo para a doença, busque o auxílio oferecido pela Liga de Combate ao Câncer de Bento Gonçalves o mais breve possível. Contate a entidade pelas redes sociais, telefone (54) 3451-4233 ou no site www.ligaccbg.com.br.