Leia a íntegra desta notícia no site da Liga de Combate ao Câncer de Bento Gonçalves, entidade sem fins lucrativos cuja missão é ajudar e apoiar pessoas com a câncer e auxiliar a comunidade no combate e na prevenção da doença.

Adotar modo de vida saudável pode ajudar a evitar o câncer

18/03/2022

Especialista em oncologia, médico Alexander Daudt, destaca a importância de mudar hábitos como forma de preservar a saúde e ajudar a prevenir a doença

Os hábitos saudáveis são capazes, sim, de prevenir e até evitar doenças, desde as mais comuns até aquela que causam grande número de óbitos, como é o caso do câncer. Quem garante é o oncologista Alexander Welaussen Daudt, de Porto Alegre, médico do Centro de Oncologia e preceptor da residência médica do Hospital Moinhos de Vento. Daudt é membro do Conselho Diretivo do Colégio Brasileiro de Medicina do Estilo de vida – o que o credencia a falar, com propriedade, sobre os benefícios de adotar bons hábitos em benefício da saúde. É sobre esse tema, inclusive, que o especialista deverá palestrar em Bento Gonçalves, na segunda quinzena de abril, a convite da Liga de Combate ao Câncer de Bento Gonçalves.

Ao trazê-lo para a Serra gaúcha, a entidade fortalece um movimento que vem protagonizando ao longo dos últimos anos: expandir a conscientização acerca da importância de adotar estilos de vida saudáveis como forma de fortalecer o organismo – seja para reduzir os fatores de risco ao câncer ou, em caso de ocorrência da doença, garantir que o corpo esteja forte para encarar e vencer a batalha. "A Liga de Combate ao Câncer tem um trabalho assistencial que é referência no país, focado em dar suporte aos pacientes diagnosticados e também a seus familiares. Mas, de forma igualmente relevante, temos uma atuação que preza pela educação e orientação da população, estimulando para que as pessoas procurem ser saudáveis durante toda a vida e, quem sabe, não precisem passar pela situação de lutar conta o câncer ou outras enfermidades", comenta a presidente Maria Lúcia Gava Severa.

Nesse propósito educativo, a palestra com o dr. Daudt mostrará estratégias de prevenção dos cânceres através do estilo de vida. E, também, compartilhará importantes alertas com a comunidade. "É preciso entender que não são as atribulações do cotidiano das pessoas, cada vez mais estressadas e cansadas por trabalharem mais para fazer frente às necessidades familiares, as causas de doenças como câncer. São as nossas escolhas, hábitos e rotinas", antecipa.

Se as decisões que tomamos diariamente têm impacto direto sobre a incidência de doenças no organismo, podem igualmente contribuir para preveni-las. "A maior parte das pessoas sabe quais são os hábitos necessários para ter uma vida saudável. Mas, infelizmente, não os colocam em prática", comenta. Decisões como a de não fumar, evitar bebidas alcoólicas, ter uma alimentação equilibrada, controlar o estresse, além de realizar atividades físicas com regularidade, estão entre as recomendações essenciais. As mudanças de comportamentos incluem, ainda, a realização de exames periódicos que são capazes de fazer a detecção precoce de situações cancerígenas, facilitando o tratamento e aumentando as chances de cura.

Além disso, ter uma vida com boas conexões com amigos e familiares, saber manejar o estresse, entre outras atitudes, contribui para a prevenção de uma série de doenças. "Quanto mais as pessoas agregarem estes fatores protetores a sua rotina, ou seja, os hábitos saudáveis, menores serão os riscos de doenças graves, como problemas cardiovasculares e câncer", explica.

QUEM É ALEXANDER DAUDT

- Graduado em Medicina pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS, 1979)

- Residência Médica pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS, 1982).

- Especialista em Cancerologia pela Sociedade Brasileira de Cancerologia (1987)

- Mestrado em Ciências Pneumológicas pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1993)

- Pós-doutorado pela Johns Hopkins University, de Baltimore, Estados Unidos (1996)

- Doutorado em Ciências Pneumológicas pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2000)

- Atualmente é médico do Centro de Oncologia e preceptor da Residência Médica do Hospital Moinhos de Vento

- Membro da Sociedade Brasileira de Oncologia Clínica

- Membro da Sociedade Europeia de Oncologia (ESMO)

- Membro da Sociedade Americana de Oncologia Clínica (ASCO)

- Membro dos Colégios Brasileiro e Americano de Estilo de Vida